EDUCAÇÃO EM SAÚDE

 – A ARTE CIENTÍFICA DE VIVER MAIS E MELHOR.

ARTE por que cada pessoa tem seu jeito único de ser, em constante transformação, sempre para melhor ainda que a pessoa negue, ou melhor: desconheça! CIENTÍFICA se refere à qualidade da experiência ser passível de ser reproduzida; jamais nas mesmas “CNTP - Condições de Temperatura e Pressão” por efeito da assertiva inicial: tudo muda o tempo todo.

O desejo natural de querer mais anos de vida com mais vida é um trocadilho para reflexão e entendimento do que se passa pelos filtros da memória genética e se apresenta na forma de disposição física e mental. Assim, o que determina a maneira de cada um se comportar é o valor que cada pessoa dá para tal ou qual fato/fenômeno, importância estruturada ao longo de décadas/milênios pela cultura e, também, pelo estado emocional do momento, habilidade de se reconhecer, de se aprender, de se desenvolver pela educação: INTELIGÊNCIA EMOCIONAL (sic).

SAÚDE DE INTEGRAL

– ALIMENTOS FÍSICOS E SUTIS.

Estar saudável é muito mais do que viver longe das drogarias e das repousantes macas dos hospitais, que cuidam de aliviar/reconquistar a saúde do corpo físico. Os desvios da saúde mental-emocional e psicossocial e espiritual conduzem aos distúrbios psiquiátricos e até mesmo para as confortáveis camas das penitenciárias.

A Psicologia Transpessoal veio pelo vazio do estudo do aspecto transcendental no fenômeno humano e, chamada de “4ª. Força da Psicologia” – depois da (1)Psicanálise, do (2)Comportamentalismo e do (3)Humanismo – foi aprimorada conjunta do próprio A.H. Maslow (1908-70), que idealizou a “Hierarquia das Necessidades”, onde o saber vem depois da comida: “ninguém consegue estudar com o estômago vazio”.

Assim, para o bem estar geral da pessoa, além da ausência de sofrimento físico, dor é prescrito pelaMedicina Integrativa, aquela que usa dos recursos avançados da tecnologia para diagnóstico e tratamento alopáticos e, ao mesmo tempo, mantem em boa vista a inteireza do ser humano. A pessoa necessita desfrutar de boas sensações em relação ao ser corpo (beleza, mobilidade etc.); gozar dos benefícios de conforto, lazer etc.

A medicina ayurvédica avançou o conhecimento dos poderes vibratórios contidos nos átomos dos alimentos. Eles praticavam a dietoterapia pela observação direta (empirismo) antes da física nuclear construir seu modelo atômico de Rutherford-Bohr-Planck, no início do século XX, onde o átomo tem características resultantes de sua massa e forças que interagem com tudo e com todos!

O Yajur Veda – Ciência da Vida -- é um conjunto de teorias e técnicas para formar o médico que cuida da saúde pelo equilíbrio do corpo, da mente e do espírito; é considerada a base das medicinas chinesa, árabe, romana e grega. Nesta última nasceu Hipócrates, denominado o “pai da medicina” – do Ocidente e defensor (indireto) da nutracêutica – ou alimentos funcionais – quando este médico (pre)dizia: “teu alimento será o teu remédio!

Hipócrates juntou normas para a conduta do médico, o “Juramento de Hipócrates” que incluía, entre outras regras: agir com sensibilidade às características do enfermo (sexo, idade, biótipo), esclarecer (educação) que as doenças tem relação direta – e total – com o ambiente e a alimentação do (agora) ser doente; levar em conta todo o organismo e descobrir o momento adequado para intervir no tratamento – primum non nocere= primeiro não causar dano!

Quando se consegue harmonizar Intuição e Raciocínio pelos exercícios da criação mental (atenção + relaxamento + transcendência = meditação contemplativa) é possível alcançar as verdades do mais profundo da Consciência, e aprender a dar mais valor ao servir sem sacrifício e praticar a Ética e a Moral, sem qualificativos, naturalmente. Este treino mental permite aumento da memória e rápida percepção dos detalhes das REALIDADE RELATIVA e ABSOLUTA.

Saúde vem do latim salus: termo usado para marcar quem era considerado pelo atributo, entre outros, dos inteiros, íntegros. Deriva salvus: interrupção dos riscos à inteireza; deriva holos: total e completo. Em castelhano: Sanidad; em português: são; em francês: santé; em alemão: gesundheit(integridade, inteireza, sólido, firme, habilidade, competência, faculdade); em inglês: health (curar, tratar); do germânico antigo: höl (inteireza) que origina holos e holy: inteiro, sagrado, santo, são. Todos derivados de sanus: puro, imaculado, correto, verdadeiro. De sanus deriva sanitas, origem de sanidade, sanitário e sanatório.

Posto desta forma, para se ter o bem maior de viver saudável “basta conquistar a qualidade” de ser completo, inteiro, total, firme, perfeito, santo, imaculado. Assim-assim, fácil-fácil: carpem die! = este é o momento; é o presente, da vida! Por que ninguém sabe o que vem na próxima esquina; nem na seguinte, que virá depois da próxima; ou não!!?

“ “ SABER = SAÚDE !! ” ” Links para NUTRIÇÃO CELULAR INTELIGENTE ou NUTRACÊUTICOS ou ALIMENTOS FUNCIONAIS –

LOJA VIRTUAL CATÁLOGO DICAS E SUGESTÕES CONTATO OPORTUNIDADE

 

 

 

 

 

 

--

"A impaciência acelera o envelhecimento, eleva a pressão arterial e apressa a morte." M.Taniguchi
.'.
Dr Olair Rafael Seeemmpre Melhorrr

Homeopatia - Pediatria - Medicina do Trabalho
 

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
® Dr. Olair Rafael 2012 - Todos os direitos reservados.

Os textos são análise crítica resultantes das rotineiras pesquisas do Dr. Olair Rafael, médico Especialista (título CRM-SP) em Pediatria e em Medicina do Trabalho e especializado em Homeopatia e didata em “nutrição integral”, os alimentos dos sobrepostos corpos físico-químico, mental-emocional e psíquico-espiritual; entenda-se: relação denso/sutil, onda/partícula, FÍSICA quântica/semântica etc.